Mercado: Grupo Renault cria Elexent, para facilitar a recarga de frotas de veículos elétricos



O Grupo Renault criou a Elexent. A nova organização oferece às empresas uma solução de simplificação e otimização de infraestruturas de recarga de suas frotas elétricas e híbridas recarregáveis.

"Depois dos custos e da autonomia dos veículos, a Elexent está derrubando outra grande barreira à eletrificação das frotas: a recarga. Ao facilitar os projetos de recarga para as empresas, o Grupo Renault está reforçando sua estratégia para acompanhar os profissionais em sua transição energética e democratizar a mobilidade elétrica", explicou Gilles Normand, Diretor de Veículos Elétricos e Serviços de Mobilidades do Grupo Renault.
A Elexent ajuda as empresas a concretizar ou desenvolver seus projetos de frotas de veículos elétricos, fornecendo soluções de recarga prontas para o uso. Desde a consultoria até o projeto, instalação e operacionalização dos terminais, a Elexent atua em todas as etapas dos projetos de infraestruturas de recarga, integrando estratégias de otimização energética e a integração de energias renováveis. Graças a um profundo conhecimento das necessidades e uma capacidade de oferecer soluções que se inserem em sua estratégia, a Elexent está acelerando a transição energética dos clientes profissionais, contribuindo para o desenvolvimento de sua atividade.

Seguindo uma estratégia global, a Elexent desenvolve soluções sob medida adaptadas às necessidades e objetivos atuais e futuros de seus clientes, como o uso e a taxa de utilização dos veículos, objetivos financeiros, estratégia ambiental, etc. Seja qual for a dimensão e o nível de complexidade, a Elexent estuda todas as tecnologias existentes no mercado para cada proposta, para oferecer a solução ideal aos seus clientes. E para uma experiência ainda mais satisfatória, a Elexent se mantém como único interlocutor do cliente, durante todo o projeto.
As soluções oferecidas pela Elexent são compatíveis com todos os tipos e todas as marcas de veículos elétricos duas rodas, veículos leves, utilitários ou pesados, equipamentos especiais, etc.. Assim, a empresa tem condições de atuar junto a empresas pequenas ou médias, bem como grandes grupos que operam frotas de veículos elétricos ou híbridos recarregáveis. A Elexent também trabalha com empresas de gestão de ativos, estacionamentos, shopping centers ou ainda órgãos públicos, que oferecem serviços de recarga aos seus clientes ou ao público em geral.
Uma empresa do Grupo Renault, a Elexent está conduzindo a implantação estratégica da operação, coordenando os projetos em toda a Europa. E para ficar ainda mais próxima de seus clientes, a empresa está firmando parcerias locais com especialistas europeus. As estruturas criadas em cada país ficam a cargo do funcionamento operacional e dos contratos locais. Na Europa, a implantação está sendo iniciada pela França. A Elexent França se apoia em uma parceria entre o Grupo Renault e a Solstyce. Referência no mercado de mobilidade elétrica, há 10 anos a Solstyce acompanha e implementa projetos energéticos inovadores prontos para o uso para recarga de veículos elétricos, exploração de energia fotovoltaica e armazenagem de energia.

"Graças à parceria destes dois pioneiros em mobilidade elétrica, a Elexent França conta com uma expertise única e consolidada. As expertises em infraestruturas de recarga e em energias renováveis da Solstyce vêm completar a experiência do Grupo Renault em mobilidade elétrica e seu profundo conhecimento a respeito do uso dos veículos pelos clientes profissionais", comentou Nicolas Schottey, Presidente da Elexent.

Até o fim do ano, a Elexent pretende atuar em seis mercados-chave para a mobilidade elétrica na Europa: França, Alemanha, Reino Unido, Suíça, Áustria e Holanda.
 

da Redação | 14/07/2020

Últimas notícias

03/08/2020

Combustíveis: Postos já podem vender gasolina com novo padrão

20/07/2020

Mercado: Nissan confirma lançamento do Novo Versa em 2020

17/07/2020

Mercado: BMW na Alemanha se prepara para produzir o novo BMW i4

16/07/2020

Mercado: Primeiro Jeepcivil, CJ-2A completa 75 anos