Segurança: Prevenção é fundamental para motoristas evitarem contaminação



Em tempos de coronavírus, quem depende do automóvel para se deslocar deve tomar alguns cuidados essenciais para evitar qualquer contaminação por vírus.

"O cuidado é fundamental como em outras situações do dia a dia e não se deve colocar a mão no rosto. Várias partes do automóvel costumam ser tocadas por muita gente, então, devem ser foco também de higienização", explica Paulo Galvão, coordenador médico da Nissan do Brasil. Se o carro só é conduzido sempre por uma pessoa, já reduz muito a chance de contágio, mas, mesmo assim, deve ser limpo. Afinal, quem vem da rua, motorista ou passageiros, toca em outras superfícies e pode levar o vírus para dentro do veículo.

Sabão neutro e pano molhado
As partes que merecem prioridade na limpeza são: volante; alavancas dos comandos na coluna de direção; alavanca do câmbio, mesmo as do tipo joystick, como a do Nissan LEAF; botões do console central e dos retrovisores; maçanetas internas e externas. Os apoios de mão no teto e coluna dianteira do carro, mais comuns em picapes, também precisam de atenção. Todas devem ser limpas com pano molhado com sabão neutro. A lógica é a mesma de lavar as mãos para se proteger do coronavírus. É necessário ter atenção, limpar a superfície com muito cuidado e sem pressa. Bancos e apoios de braços nas portas e entre os bancos são outros pontos de atenção na limpeza.

Álcool e, principalmente, produtos químicos mais fortes, como água oxigenada, não são recomendados porque, de acordo com o material usado na peça do carro, pode danificá-las com o uso periódico. Na dúvida, a indicação é ver a recomendação do manual do proprietário.

Tela touch
Muitos dos sistemas multimídia mais novos têm tela touch. Ou seja: são feitas para serem tocadas e, com isso, são pontos de cuidado. A limpeza deve ser feita como tela de computador. Novamente, o recomendado é usar um pano úmido com sabão neutro. Mas é importante lembrar que o pano não deve ter umidade em excesso, não pode estar pingando.

Ar condicionado
O filtro de ar do carro não necessariamente impede a entrada de vírus, mas é fundamental para a qualidade do ar dentro do veículo. Assim, se ele estiver muito impregnado de sujeira pode ajudar a aumentar a concentração do coronavírus e aumentar o risco dentro do veículo. O ideal é fazer a manutenção e limpeza regular seguindo as instruções do manual do proprietário.

O ideal é evitar andar com o automóvel cheio de pessoas. Em carros particulares, táxi, transporte por aplicativo ou transporte público, a orientação é andar com os vidros abertos para permitir a melhor ventilação do ambiente.

Neste momento em que a responsabilidade de cada um é ainda mais importante para garantir a segurança e saúde de todos, dentro do veículo todas as regras de boas maneiras de convívio social usadas em outras situações devem ser seguidas.
Dentro do carro, sempre que possível, é bom ter álcool gel 70% para higienização das mãos do motorista e dos passageiros para ser usada logo que se entrar no veículo.

da Redação | 30/03/2020

Últimas notícias

24/05/2020

Mercado: Jeep® inicia vendas do Wrangler Rubicon no Brasil

11/05/2020

Mercado: FCA retoma produção de automóveis no Brasil

06/05/2020

Mercado: Fábrica da VW em Taubaté celebra 40 anos de produção do Gol

05/05/2020

Trânsito: Sinfra realiza estudo sobre situação na área conurbada Cuiabá - VG