Mercado: Terceira geração do BMW Série 1 estreia no Brasil





A terceira geração do BMW Série 1, um dos mais esportivos hatches do segmento premium já pode ser adquirido na rede de concessionárias da marca no país. Ágil, descolado, tecnológico e sofisticado, dotado de um design amplamente renovado e equipado com os mais recentes recursos de conectividade, o novo Série 1 é um autêntico BMW definido por um caráter inovador e vigoroso. Produzido nas fábricas do BMW Group em Leipzig e Regensburg, ambas na Alemanha, a nova geração do hatch de cinco portas chega ao mercado brasileiro na versão 118i Sport GP. Além de contar com condições de financiamento atrativas, durante o mês de novembro, os clientes que adquirirem este modelo com a BMW Serviços Financeiros ganharão o programa de manutenção BMW Service Inclusive BSI por 3 anos ou 40.000 quilômetros, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

 

O uso inteligente do alumínio no capô e na tampa traseira, combinado com aço de alta resistência, possibilitou à BMW reduzir em até 30 quilos o peso do novo BMW Série 1, em comparação ao antecessor. Ao mesmo tempo, aumentou ainda mais a rigidez à torção do chassi. Elementos de reforço, como a coluna em forma de bumerangue na parte traseira do veículo, contribuíram para esse atributo.

 

Um chassi extremamente avançado, munido de recursos inovadores e totalmente integrado aos principais componentes dinâmicos, proporciona ao novo BMW Série 1 uma agilidade invejável. E essa agilidade poderá ser nitidamente notada pelos motoristas neste hatchback de tração dianteira. Aliado a tudo isso está um processo de desenvolvimento tecnológico que serviu para transferir ao novo BMW Série 1 toda a expertise adquirida pelo BMW Group referente à tecnologia de tração dianteira. O resultado é uma precisão dinâmica sem precedentes e que estabelece novos padrões dentro do segmento premium.

 

Um fator importante neste processo de aprimoramento da experiência de dirigir é a tecnologia ARB sigla para limitador de deslizamento das rodas, em inglês, desenvolvida primordialmente para o compacto premium elétrico BMW i3. Este dispositivo, que faz sua estreia em um modelo equipado com motor a combustão, neste caso o BMW 118i, percebe antecipadamente a possibilidade de as rodas derraparem, passando a controlar a distribuição de torque para as rodas, evitando o deslizamento de maneira muito mais precisa e rápida que antes. O fato de o ARB estar instalado diretamente na unidade de gerenciamento eletrônico do motor faz com que sua atuação seja três vezes mais rápida permitindo uma ação até 10 vezes mais veloz que a percepção do motorista.

 

A nova arquitetura da tração dianteira reflete-se nas novas proporções e linhas fluidas e estilizadas do novo BMW Série 1. O capô, mais curto, funde-se com o para-brisa, enquanto a longa linha do teto cai levemente na direção da traseira do carro. Já a ampla traseira e uma linha de ombros atlética, situada sobre os arcos das rodas, enfatizam uma presença poderosa e esportiva. Ao mesmo tempo, a carroceria oferece significativamente mais espaço, embora as dimensões sejam praticamente idênticas às do BMW Série 1 anterior. E essa característica torna o hatch premium ainda mais versátil no uso diário. Com 4,319 metros de comprimento, a nova geração é 5 milímetros mais curta que seu antecessor. Em termos de largura, agora com 1,799 m, o novo modelo cresceu 34 mm, enquanto a altura, de 1,434 m, aumentou 13 mm. A distância entre-eixos de 2,670 m, por sua vez, é 20 mm mais curta que a da geração anterior.

O novo BMW Série 1 é equipado com o mesmo motor de três cilindros pertencente à família BMW EfficientDynamics e utilizado no esportivo híbrido BMW i8. Conectado a uma transmissão automática de sete marchas e dupla embreagem, esta unidade foi submetida a uma série de aprimoramentos individuais para melhorar sua eficiência, o que resultou em menores consumo e emissões de partículas. Além disso, seu desempenho foi aprimorado com um aumento de potência. O motor de 1.499 cm³, movido à gasolina, que impulsiona o BMW 118i entrega 140 cavalos de potência, entre 4.600 e 6.500 rpm. Esta unidade, que é 5 kg mais leve que a que substitui, atinge 220Nm, de 1.480 rpm a 4.200 rpm. O BMW 118i acelera do 0 zero aos 100 km/h em 8,5 s e atinge 211 km/h.

 

O BMW 118i Sport GP tem como principais equipamentos ar-condicionado automático digital com controle de duas zonas, volante multifuncional revestido de couro, revestimento de teto BMW Individual em tecido Anthracite, revestimentos internos em Anthracite e Sensatec, rodas de liga leve "Multi-spoke", de 17 polegadas, Parking Assistant e de série assentos dianteiros esportivos. A segurança dos ocupantes do veículo é garantida por seis airbags - duplos frontais, laterais dianteiros e tipo cortina na frente e atrás -, freios a disco ventilado com ABS, além de controles de estabilidade e tração, e pneus run-flat BMW Star Marking.

 

O BMW 118i está disponível com seis opções de cores externas: a sólida Branco Alpino, e as metálicas Preto Safira, Branco Mineral, Cinza Mineral, Azul Mediterrâneo e Azul Seaside.

 

da Redação | 22/11/2019

Últimas notícias

03/12/2019

Trânsito: Acesso à sede do Detran-MT deverá ser feito pelo portão dos fundos

29/11/2019

Mercado: Conceito S-Design agora também no Fiat Argo e Fiat Cronos

28/11/2019

Mercado: Linha 2020 da picape Nissan Frontier chega às revendas

27/11/2019

Mercado: Ford apresenta o Mustang Mach-E